leite e que eu tinha relaxar para poder aquentar, eu queria dar prazer ao meu professor, e fazia tudo ele me pedia, dizia eu era uma putinha safada e mamava muito bem ele começou na segunda a enfiar um dedo doia mas eu aquentava, logo ele acabava gozando, depois começou a dedar com segundo dedo, doia e minhas pregas ficavam inchadas e sensiveis...

Outro dia tentou o terceiro foi ai doia mais, ele dizia agora da para entrar meu pau, quero voce fique quietinho, e relaxa, vou colocar devagar se doer eu tiro, ele lambuzou meu buraquinho, e colocou a cabeça, senti entrou dei uma gemida e um ai devagar...

Ele parou mas logo foi enterrando aquela rola grossa e cabeçuda me senti rasgado partido ao meio, ele parecia um louco em cima de mim cada estocada subia uma dor, ele abria minha bunda e via o estrago, eu ali sofrendo logo gozou, ele tirou senti caldo escorrer ele dizia agora sim voce é completo meu menino.fiquei la deitado enquanto ele se lavava pois tinha sangue pediu para eu ir ao banheiro eu mal consequia andar...

Ele me colocou na pia e lavou minha bunda, e voltamos para sala, ele estava pau duro pediu que eu mamasse, mamei bastante, logo me virou disse ia colocar de novo, que seria mais facil,passou creme e colocou foi entrando mas doia muito, pedia para parar mas ele nem ouvia, socava com gosto, me senti arrombado, depois de umas bombadas começou ficar gostoso sentia umas coisas em meu corpo...

Ele viu estava gostando, e socava mais eu mexia meu bumbum ele logo gozou com pau todo enterrado. ficamos assim por uns cinco meses ele metendo em mim, eu sempre sua putinha, as vezes ele colocava em seu colo seu pau entrava tudo dentro mim via suas bolas...gozava na minha cara as vezes no meu rego, outras na boca só depois destes meses ele ficou estranho...

Eu ja não ia quase na diretoria agora quem ia era o Joe um moreninho bundudo, ele estava me trocando por outro, ja não me chamava mais me senti abandonado ele dizia estava ocupado e que era perigoso, mas eu via Joe entrar diretoria e ficar com ele...

Foi quando fui fazer primeira comunhão que confessei para o padre só não disse quem era....depois seque



Autor:bruno
E-mail - jmariadeus@bol.com.br
Skype - jmariadeus@bol.com.br
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta