Marcamos no outro dia mesmo horário, agora tinha um garoto 3 anos mais velhos que eu e um pau gostoso que me fez gozar, a tarde eu nem ia mais no trem com pivetes esperava a tardinha para levar vara, ou quando estava a fim comer um deles dava um jeito, mais cedo despistava os outros e nos perdíamos por aqueles vagões.

Mas a noitinha estava eu la esperando meu garoto, segundo dia ele levou um colchonete velho disse era para deitarmos e acomodar melhor que depois esconderia ele, assim chegou disse para mim tire seu brinquedo, esta doido, ficar livre abaixei seu shorts pau pulou minha cara mamei bastante até ver aguinha sair por aquela fenda e sentir ele gemer bastante e pedir meu cuzinho, que já piscava por aquela vara, deitei ele salivou meu orifício eu ajeitei a cabeça, só senti aquela vara adentrando eu gemendo e mordendo seu braço pedindo para ir devagar ele foi calmo foi fudendo lentamente quando viu eu mexia bumbum começou socar fundo e com força, sentia estava sendo rasgado por aquele pau, quando pedi seu leite ele sabia que eu estava gozando também, socava fundo senti porra dentro de mim...

Isso era todo dia eu levava vara sentava em seu pau e cavalgava ele dizia minha putinha coisa gostosa vou fuder vvoce sempre.



Autor:israel
E-mail - markramonestone@hotmail.com
Skype - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta