Ola pessoal, que compartilhar com voces uma historia que aconteceu comigo há alguns anos atras e que eu não esqueço. Era uma epoca que não tinha esses aplicativos de celulares.

O que bombava era as salas de bete papo. Eu trabalhava a noite e quando chegava corria pro computador para entrar na sala de bate papo da minha cidade.

Entrei e um cara puxou conversa, e foi logo perguntando o que eu curtia. Sou passivo falei pra ele, e voce o que curte.Ele me responde, não sou muito de penetração, mais tenho um fetiche por pés. Fiquei curioso, Fetiche por pés, mais vai fazer o que com o pé?

Marquei com ele e fui para o local combinado. Chegando la era um rapaz bem novo, devia ter uns 20 anos no maximo. Ele entrou no meu carro e fomos dar uma volta.

Perguntei. E ai, como é essa historia de pé, o que voce faz com o pé ? Ele falou para o carro ai debaixo dessa arvore que vou te mostrar.

Eu falei, mais aqui ? Sim, ele falou,e eu disse, mais não vou nem dar uma mamada no seu pau. Ele riu e tirou o pau pra fora da bermuda, ja duraço, que pau gostoso.

Chupei um pouco e ele disse. Deixa eu chupar o seu pé. Ahhh, chupar o meu pé. Ta bom. Fui de chinelo. Tirei, levantei as pernas e ele pegou meus pés para chupar.

Eu nunca senti tanto tesão como aquele dia. O cara era profissional. Ele chupou o meu pé dedo por dedo, o peito do pé, a sola, uma mistura de chupão , lambida e pequenas mordidas.

Meu pau tava latejando dentro na bermuda. E ele não parava. Isso foi uma meia hora, ate que não aguentei e sem por a mão no meu pau eu gozei, melou toda cueca, bermuda.

Quando ele viu que eu gozei ele parou, colocou meus pes no banco do carro e bateu uma punheta gozando nos meus pés. Peguei uma toalha que tinha no carro, limpei os pés e fomos embora.

Deixei ele onde tinha encontrado e fui embora com a melhor gozada que tinha dado ate então. Nunca mais vi o cara para poder repetir.



Autor: Luiz Costa
E-mail - ccoossttaa-@hotmail.com
Skype - Não Divulgado
Conto Enviado pelo Internauta.