Estava vindo da escola e tio Sergio estava no bar tomando cerveja, me comprimentou e perguntou se queria algo, acabei tomando um refrigerante, ele me perguntou de uma vila, meio afastada da cidade, se eu podia levar ele la pois estava alugando uma casinha pequena, perguntei se tinha endereço ele disse sim e fomos procurar a tal casa, atravessamos a cidade e achamos a tal rua, fomos no propietario ele nos deu a chave e fomos ver a casa era simples mas arrumadinha ja tinha alguns moveis sofa, fogão, e uma cama, Malvino gostou da casa só achou longe do centro e comercio, mas para começo disse estava bom...

Malvino foi mijar deixou porta aberta onde pude ver seu pau, mole era enorme, ele virou e balançou para sair resto urina, e ja estava meio bomba, ele virou disse voce gosta de uma rola né, vejo como olha para mim,quer pegar to na seca, não demorei muinto estava batendo uma para ele minha mão mal consequia abraçar aquela rola, logo desci e mamei a cabeçona, coroa gemia, eu labia e bolinhava suas bolas...

Malvino disse deixa comer seu cuzinho....sera voce aquenta..minha ex reclamava de dor, não aquentava...

Eu disse mas aqui e se o dono aparecer, ele vamos trancar a porta vai ser rapido, abaixei minha calça, ele passou saliva seu pau e encostou meu cuzinho, eu ajeitei a cabeçona na entrada, ele forçou, eita dor horrivel parecia estar me rasgando, homem parecia um jumento, e queria enfiar tudo, segurei com mão para não ir tudo, ali nem podia gritar, eu gemia me estrebuchava mas não estava aquentando, ele relaxa se solta vou rasgar suas pregas, eu ai para não aquento, logo ele gozou, e disse ainda vou colocar tudo em voce, que bundinha gostosa voce tem, na minha mente eu imaginava aquela vara me atravessando eu sofrendo mas aquentando, saimos fomos embora e marcamos para outro dia uma foda...



Autor: Israel
E-mail - jmartins1965@bol.com.br
Skype - Não Divulgado
Conto Enviado pelo Internauta.