Já relatei aqui a história do pintor negão que me comia e comia minha esposa.Depois dele arrumei um macho fixo, mas não conseguia deixar de sentir muito tesão por negros.

Precisei viajar para São Paulo, minha mulher, a Lu, como sempre não quis ir comigo.Provavelmente para ficar com algum dos seus amantes.

Aproveitando que fui sozinho decidi dar uma olhada em sites de garotos de programas para matar meu tesão por um negão bem gostoso.

Visitei alguns sites, cada um com negros mais tesudos que os outros.No fim me decidi por um bem sarado, todo depilado, sorriso bem safado. A rola então...

--- Alô...

--- Oi.

---Quanto é pra ficarmos um tempo juntos?

--- 200 reais por uma hora e meia.

---Huum, por tudo isso até que é barato.

---Olha que hoje tô pegando fogo.

---Não fala assim, 3 meses sem homem ...ainda por cima tão gostoso como você é.

--- Gostou do material?

--- Lamber a tela do notebook dá uma idéia do que achei de você?

--- Tá onde?

--- Num flat...vem aqui.

Me ligou de volta, confirmei o endereço e aguardei.Logo me avisaram que ele estava subindo.

--- Oi, vamos entrar.Mais bonito pessoalmente que nas fotos.

Sorriu e se sentou no sofá.Logo me sentei do lado dele e enquanto conversava minha mão percorria seu corpo musculoso.

Pedi pra ele tirar a camiseta , e comecei a lamber seus mamilos.Fui descendo e cheirando aquele corpo sarado e delicioso.

Abri sua calça.O safado estava sem cueca e rola saltou já querendo ficar dura.Sem esperar caí de boca e fui mamando aquela rola grossa e deliciosa.Logo ele me deixou sem roupas.Pedi de 4 na cama.

Ele me colocou de 4 e foi colocando devagar pra eu sentir cada pedaço me arrombando.Logo gozei vendo ele me comer pelo espelho.

Ficamos deitados conversando e logo eu quis de novo e ele me comeu de ladinho.

Experimentar esse ngou matou meu tesão, mas me deu a certeza que os negros são muito melhores.


Autor: Bruno
E-mail - Não Divulgado
Skype - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.