Ola meu nome é Junior, tenho 43 anos 1,70 e 65 kg.Sou gay assumido e gosto e usar calcinha no dia a dia. Este conto é continuação do conto Presente de Aniversario,é preciso ler o primeiro pra poder entender o que aconteceu.

Eu e Sergio voltamos para festa e percebemos que ninguem tinha sentido a nossa falta,exceto Claudio meu vizinho de sitio. O baile estava animado,como eu não sei dançar estava chato pra caramba.

Dei umas voltas pela casa, e sempre que passava por Sergio eu jogava beijinhos pra ele,escondido é claro pra ninguem ver.

Ja se passava das 2 horas da manhã resolvi terminar com o Sergio o que nós tinhamos começado.Dei um sinal pra ele e fui saindo do local e se dirigindo para o galpão onde ele tinha me comido anteriormente.

Cheguei no local e ja fui ficando pelado,só esperando meu macho negro chegar. Sergio chegou minutos depois e me vendo pelado,ja foi se despindo tambem e me oferecendo seu pinto pra mim chupar:

- Vem cá menina chupar o pinto do seu macho.Me arrepiei toda com aquelas palavras e ja fui abocanhando aquela delicia.

- Chupa vai,chupa,faz eu gozar putinha,faz.

- Chupo sim essa delicia,goza na minha boca que eu bebo tudinho.

Aquele pinto ficava cada vez mais duro e eu chupando aquela delicia, até que Sergio começou a gozar e não deixou eu tirar o pinto da boca e tive que engolir tudo.

Foi uma gozada sensacional de Sergio,que falou pra mim:

- Fica de 4 putinha que eu vou dar um trato nesse cuzinho delicioso. Aí ele veio e começou a lamber meu cuzinho,enfiava a lingua la dentro e subia e descia toda extensão do meu rego.

Cheguei a gozar sem relar a mão no meu pipi. Nese momento adivinha quem chega pra fazer parte da festa o Claudio meu vizinho.

- Então os dois estão de sacanagem,quero fazer parte também,posso.

- È claro que pode, da esse pinto que eu dou um jeitinho nele.Claudio abaixou as calças e veio em minha direção.

- Então chupa meu pinto sua putinha,voce gosta de pinto pois vai ter 2 agora pra voce se deliciar. Nesse momento Sergio estava com seu pinto em ponto de bala de novo e prestes a me comer.

Agora eu estava satisfeito um pinto na boca e outro atras de mim socando até as bolas. Comecei a rebolar no pinto do Sergio, e ele me dizia:

- Que putinha gostosa que voce é, rebola vai que eu vou encher seu cuzinho de leite.

- Isso me come vai, me faz de sua femea que eu adoro. Não demorou nada e Sergio anunciou seu gozo e encheu meu rabinho de porra.

O Claudio que estava sendo chupado reclamou:

- Eu quero comer esse cuzinho tambem.

- Venha pode vir estou te esperando,me faz sua femea tambem.Ai eles trocaram Sergio veio até minha boca com seu pinto pra ser limpado e Claudio se posicionou atras de mim e me comeu gostoso.

Ficamos nessa putaria até as 4 horas da manhã e voltamos para festa como se não tivesse acontecido nada, acho que ninguem percebeu nossa ausencia ,pois o baile ainda estava animado.

O Sergio foi só essa vez que me comeu,mais o Claudio viciou no meu cuzinho e sempre me comia.

No próximo conto vou relatar como me tornei amante do Claudio por 1 ano mais ou menos,até que sua mulher descobriu.

Espero que tenham gostado do meu conto. Beijos......


Autor: Juniorgay
E-mail - juniorsexygay43@hotmail.com
Skype - juniorgay43
Conto enviado pelo internauta.