Dessa vez não contarei nada do meu garanhão, mas de outro negro maravilhoso que cruzou minha vida recentemente.Direi que se chama Rafael, 1,80 metros, sorriso safado, corpo sarado e maravilhoso, um lindo cavanhaque bem desenhado.Mas o que alucinou eu descobri depois.Bem grosso, sempre duro, grande, maravilhoso de chupar, melhor ainda de receber no cuzinho.

O conheci quando eu trabalhava numa loja, emprego temporário.

Era minha vez de atender , quando aquele deus negro entrou na loja para comprar uma calça e uma camisa para uma festa.

O papo rolou e descobrimos que tínhamos amigos em comum.Devia ser o destino.

Escolheu uma calça e uma camisa que eu já sabia que cairiam muito bem nele, valorizando seu corpo másculo.

Elogiei seu gosto dizendo que estava muito bom aquele look.Aproveitando ele pediu para ver uma camiseta, fui buscar e quando voltei ele estava só de cueca boxer, que delineava a rola.Não deu pra evitar um olhar guloso.

Ele percebeu e sorriu safadamente.

Na hora de pagar perguntou que horas eu saía, respondi que daí mais ou menos meia hora.

Ele perguntou se eu queria beber alguma coisa.Disse que sim, e marcamos no estacionamento onde estava o carro dele. Como meia-hora demora a passar.

Logo me encaminhei ao estacionamento onde ele me esperava.Entramos no carro e ele disse: você quer conversar ou ser minha putinha logo?

Não tive dúvidas, disse que se ele quisesse seria putinha dele ali mesmo.Ele deu aquele sorriso safado e disse que tinha um lugar melhor para me fazer de putinha.

Como o shopping é perto de vários moteis fomos a um deles.Durante o caminho fomos conversando sobre outras coisas.

Quando chegamos ele foi tirando a roupa e ficando só de cueca falou : vem putinha mama na rola do seu garanhão.

Comecei a chupar por cima da cueca, mas não aguentei e puxei pra fora.Mamei , lambi, beijei, logo veio aquele jorro quente e gostoso na minha boca.

Limpa tudo putinha, se limpar direito vai ganhar o que tá querendo.

Não me fiz de rogado, logo a rola estava dura de novo.Ele me pôs de 4 e colocou toda a rola no meu cuzinho. Gemia e delirava de prazer , recendo aquele garanhão gostoso dentro do meu cuzinho.

Logo gozamos de novo.Tomamos banho juntos para levar nova enrabada.

Mas não acabamos aí, ele me levou na festa, mas já é outra história que contarei depois.


Autor: Alex
E-mail - Não Divulgado
Skype - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta