Olá, olha eu aqui de novo.

Contei a história pra vcs do meu primeiro relacionamento com homem, eu gosto mto de mulher, porém tenho tesão em fazer sexo com homens, homens q peguem de jeito, que esfreguem o pau na minha cara, que me coloquem de quatro e tirem e coloquem o pau deles no meu cu.

Gostaria mto de transar com mais de 2 homens ao msmo tempo, e tomar banho de porra, mas tenho medo.

Voltando ao ponto. Contarei minha segunda história que foi a mais rápida.

Eu uma vzs entrei no bate papo como de costume, e finalmente estava decidido a dar pra alguém do bate papo.

Eu conversava com um cara q eu já havia conversado e já havia combinado algo com ele, mas eu furei e tinha o deixado passar perto da minha casa, para eu ver como ele era.

Mas dessa vz eu estava com tanta vontade que combinei de novo e ia dar pra ele. Combinei um horário perto da minha casa e fiquei esperando. Toda hora eu saia para ver se ele estava lá.

Eu estava quase desistindo quando então, dei de cara com ele quando sai de novo.

Ele me cumprimentou e me acompanhou ate dentro da minha casa, então as luzes estavam todas apagadas, ele entrou fechou a porta e me agarrou.

Ficou chupando o meu pescoço e me apertando contra o corpo dele. Então eu segurei no pau dele e estava bem duro, deveria ter uns 18 cm e grosso. Ele dizia para mim:

- Isso pega nele vai safado!

E eu la com o pinto dele na mão. Cada vez mais ele ficava inchado, e então ele tirou toda a minha roupa e beijou o meu peito.

O tesão subiu a minha cabeça e fui beijando o corpo dele tbm. Ele aparentava ter quase 40 anos e tinha a pele queimada de sol, era magro mas n era magricela, e estava cheiroso e gemia no meu ouvido e falava um monte de sacanagem no meu ouvido.

Então eu desci o peito dele passando a língua pela barriga e comecei atirar o seu short. O safado estava sem cueca e disse para eu chupar.

Cai de boca e chupava mto. Fazia movimentos de vai e vem, colocava aquela jeba ate o final da minha garganta e babava mto.

Ele pediu para eu chupar o saco dele e eu o fiz. Depois ele segurou em minha cabeça, agarrou minha nuca e começou a foder minha boca com vontade e eu engasguei várias vzs.

Depois de foder a minha boca como se fosse uma bocetinha, ele me levantou e me abraçou por traz roçando na minha bundinha sedenta por pica.

Me mandou apoiar no balcão da cozinha de casa, abrir as pernas e empinar a bunda. Então ele tentava enfiar no meu cu, mas n entrava e eu com medo pedia para ele ir devagar.

Ele tentou e tentou, mas n conseguiu. Então ele pediu para eu passar um pouco de creme ou sabonete no meu cu, fui ao banheiro e ele pediu para deixar a luz do banheiro acessa pois queria ver a minha bundinha e ficava com mais tesão assim.

Eu passei o condicionador no cu e voltei pra minha posição pra levar pica. Eu pedia para ele ir devagar e ele fazia mta pressão contra o meu cu, e eu n conseguia relaxar mto, pois tinha medo de chegar alguém em casa.

Então em uma forçada só a pica dele entrou e eu senti um pouco de dor, e dei um gritinho, ele deu algumas bombadas e gozou pois acredito q n tenha aguentado de tanto tesão rs. Ele tirou o pau e disse com todas as letras:

- Caralho!! Vou gozar, e gozou no chão msmo. Mas gozou mto, e eu sabia q ele iria gozar mto ois o seu saco estava grande e suas bolas estavam pesadas, eu queria que ele tivesse gozado em mim, mas n deu tempo.

Ele se limpou e se despediu, e perguntou se eu queria o tel del, eu disse q não e que qualquer coisa eu o encontrava na sala de bate papo, então ele foi embora eu tranquei a porta e limpei a sujeira toda.

Quando fui ao banheiro eu passei a mão no meu cu e estava sangrando. Fiquei uns dias com o cu dolorido.

Espero que tenham gostado.

Até a próxima.



Autor: Denis
E-mail - denisdassis4@gmail.com
Skype - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta