Venho relatando meus tempos de namoro com Robert, um personal negro sarado, maravilhoso.

Após 4 anos de um namoro intenso, infelizmente tivemos de nos separar. Mas para minha felicidade nos reencontramos outras vezes. Na última vez, como sempre foi maravilhoso.

Estava em casa, num sábado a tarde , quando toca o interfone e o porteiro avisa que Robert estava subindo.

De surpresa é muito melhor , né? A campainha toca, abro a porta e surge aquele garanhão negro, que visita sempre meus sonhos.

Pra que dizer alguma coisa?Já me abraçando e beijando, suas mãos fortes percorrendo meu corpo.

O mão já entrando dentro da minha bermuda, o dedo pressionando para entrar no meu cuzinho.

Safado, sabe do que eu gosto. Roupas sendo arrancadas, logo esse homem maravilhoso está joelhos na minha frente, oferecendo a rola grossa e dura para eu chupar.

Não aguento esperar, vou mamando a rola , matando a saudade do meu garanhão. Logo meu cuzinho está sendo deliciosamente chupado e devidamente penetrado por dedos mágicos.

No momento seguinte já estou de 4, com o cuzinho todo lambuzado de gel, piscando a espera dessa rola que eu adoro.

Enterra tudo , até eu sentir a bolas batendo em mim. Ele gosta de demorar , mas não aguentamos, queremos muito um ao outro. Explodimos num gozo selvagem, suados, ofegantes.

--Oi, como você está?

--Bem melhor agora.

--Ai que saudades...porque não avisou?

--Surpresa é melhor.

--Com certeza!

Bem, essa conversa durou pouco, porque o tesão e a saudade eram grandes.Conversamos mais durante o finde.

Claro que entre uma foda e outra, pois eu sendo a putinha dele, nunca ia deixar meu garanhão negro passar vontade.


Autor: Alex
E-mail - Não Divulgado
Skype - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta