No dia 24 de Abril eu voltei a falar com um amigo que andava na escola comigo , há 6 anos atrás.

Começámos a falar pelo facebook e ele (francisco, nome fictício) perguntou se podíamos ir beber um café e eu prontamente disse que sim.

Ontem (dia 25) fomos beber café e decidimos que ele ficaria na minha casa até ficar dia pois ele mora num bairro um pouco perigoso.

Começámos a falar e uma coisa levou a outra e eu disse que apesar de ter curiosidade em experimentar sexo gay, nunca tinha experimentado na vida.

Ele confessou me que é bissexual e que já tinha experimentado muita coisa, e que se eu quisesse ele conversava sobre isso comigo, para me dar 'luzes' de como era.

Eu não quis, quis que ele me ajudasse a experimentar, e ele aceitou.

Deitámos-nos na minha cama e começámos a falar... Eu estava muito nervoso e ele tomou a iniciativa diz me para fechar os olhos , que ele ia cuidar de tudo.

Ele aproxima se e tapa me a cara com um cachecol , baixa me as calças e os boxers e começa me a chupar, lentamente, a ir me às bolas com a lingua.

Eu digo que quero retribuir, portanto peço lhe para se deitar, mal ele se deita , tiro lhe as calças e os boxers e começo logo a chupar aquele piço enorme e delicioso... Fiquei ali nuns bons 15/20, só a chupar...

Ele pergunta me se eu quero experimentar mais alguma coisa, e eu digo, que sim, pode ser. Ele pede me para me virar e começa a meter me um dedo no cu, e mais um. Até eu estar bem abertinho. Depois mete me uma espécie de lubrificante no meu buraco e volta a meter os dedos... até que de repente ele tira os dedos e aproxima a pila dele do meu buraco... (foram só 2 segundos mas pareceram eternidades) até começar a forçar, até estar todo dentro de mim. começa a bombar devagar acelerando de vez em quando, cada vez com mais intensidade.

Soube tão bem , estar a ser dominado assim, e a ter prazer dum sitio que nunca tinha tido... até que ele pergunta que daqui a nada iria gozar, para onde era. Eu digo lhe que pode ser dentro de mim mesmo..

Ele começa a bombear cada vez mais depressa, e mais depressa, até eu sentir vários jactos quentes dentro de mim.

Ele sai de dentro de mim e começa me a chupar... até eu me vir na boca dele.

Foi a minha primeira experiência e adorei

Autor: João
E-mail - joao_silva@gmx.com
Skype - joao_silva@gmx.com
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta