Boa noite pessoal, vou usar nomes fictícios nesse meu conto...

Me chamo Caio e tenho 30 anos, sou evangélico e gay ( mas ninguém sabe ), sou alto 1,75 altura e 7o kg, branquinho, todo lisinho, (confesso que não sou muito dotado, 13cm apenas ), mas uma bundinha redondinha e firme haha... Sempre frequento essa igreja, mas nunca pensei que isso que vou contar aconteceria comigo, sentei num banco lá no fundo, e um rapaz jovem, idade em torno de 20 anos, um pouco mais baixo que eu, cabelos lisos e pretos, forte e muito bonito, sentou no mesmo banco que eu, em determinada hora do culto, ele começa a me olhar com canto de olho, eu percebendo comecei a retribuir, ele se aproximou e continuou a encarar, na hora da oração, com os demais de olhos fechados, ele começa a alisar o pau e se insinuar pra mim, fikei louco e apalpei akele pau, que era grosso e devia ter uns 18 cm...

Ele levanta do banco e acena que vai ao banheiro, eu o sigo... chegando ao banheiro entramos num box, ele baixa a calça social e eu chupo akela rola gostosa, coloco as bolas dele na minha boca, que delícia, lambi até o reguinho dele ( tudo isso bem quietinho, pra ninguém perceber ), depois de chupar ele por uns minutos, ele me levanta, abaixa minha calça e começa a lamber meu cuzinho lisinho, fui a loucura com isso, ele queria me foder, eu fikei um pouco com receio, mas o tesão era demais, que acabei topando, ele começou a enfiar aquela pica no meu cu, no começo doeu um pouco, mas logo me acostumei com o ´´amigo`` dentro de mim, e foi bom demais, ele me comeu de quatro no chão do banheiro, depois ele sentou na privada e cavalguei em cima dele, ele estava para gozar e queria gozar na minha boca, mas eu preferi que ele gozasse dentro de mim, que tesão ver akele garoto metralhar meu cusinho daquele leite jovem.

Por fim saímos do banheiro e voltamos ao culto hehe, depois dessa tivemos mais vezes de prazer, mas na igreja foi a única vez, rs.

Autor: Oliver
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta