Tenho 50 anos, sou branco, 1,65 alt e 65 kg, cabelos grisalhos, olhos esverdeados. Tenho um sobrinho que é meu afilhado, por isso ele é muito proximo de mim, como um filhoele ficou sem pai muito novinho aos 8 anos, logo tudo o que ele quer e faz, me participa.

Hoje ele tem 28 anos. Ha cinco anos atras estavamos todos em ferias em Araruama, na região dos lagos no RJ e ele estava conosco. Todos tiveram que retornar para casa inclusive minha mulher e as duas filhas, porque tinham que trabalhar, mas eu estava de ferias e ele tambem.

Resolvemos ficar mais aquela semana sozinhos na casa ate o proximo final de semana. Em um dos dias, resolvi que tinha que lavar o carro e ele foi me ajudar, liguei a bomba para lavar e ele foi passar o sabão no carro, nisso nos molhamos todos.

Eu estava de calção e sem cuecas, o que quase não uso, foi quando o peguei olhando em direção ao meu pau, que praticamente fica a mostra porque o calção era branco e molhado ficava meio transparente. Ao acabarmos de lavar o carro falei que ia tomar banho para sairmos para almoçar.

Ele falou - tá legal e me seguiu até o banheiro. Nós nunca tivemos restrições em ficarmos juntos, trocar de roupa etc até ele ficar adulto e ir para a aeronautica. Encarei as atitudes dele naturalmente por ja tinhamos esse costume, so que ha muito tempo atras. Peguei duas toalhas e entrei para o box e ele fez o mesmo e disse posso tomar com voce?

Eu disse claro porque não? Quando meu afilhado entrou percebi que ele estava com o pau a meia bomba, mas fingi que não vi só que eu me excitei e meu pau tambem ficou a meia bomba. Ele falou tio voce ta com marca de oleo no ombro e começou a passar a espoja em mim, eu o olhei e ele foi descendo a mão ate chegar no meu pau que tava duro e disse:

Tio desde peueno eu queria fazer isso, sempre tive vontade mas vc me trataava como um filho ai eu não tinha coragem.Agora sou maior e somos amigos e eu quero muito fazer isso... ele se abaixou e começou a mamar meu pau. Eu segurei seu queixo e disse venha cá vvou fazer vc feliz então, me abaixei e meti a boca naquele pau lindo que eu ja conhecia e que tambem sempre tive vontade de chupar. Resolvemos então terminar o banho e irmos para a cama.

La fizemos um sessenta e nove muito gostoso. Depois batemos punheta um no outro até gozarmos. Ficamos com esse relacionamento por mais de cinco anos, quando então ele disse que resolveu sentir meu pau dentro dele. E, ate hoje quando nos encontramos, rola sempre um sexo gostoso. Mesmo ele estando casado e com uma filha de 3 anos.

E eu casado e quase avô. O detalhe é que nos amamos tambem, e ele ama sua mulher e eu amo a minha.

Isso, é possivel? é sim.

Autor: Paulo
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta