Oi , me chamo caetano, mas me chama de cae. tenho 29 anos,181 altura, 83kg, coro nomal, moro no de janeiro, mas a histia que vou contar acontceu em minas,sou natural de la.

Eu era auxiliar administrativo de um presidio,lá eu conversava diretamente com os presos e muitos deles iam na minha sala conversar comigo para pedir alguma coisa, seja escrever uma carta, ou um jornal, etc.

A gente as vezes , tinha que dormir no presidio, qdo estavamos de plantão, e entre os presos, tinha um revezamento de ficar tres soltos nos corredores, dando auxlio aos demais claro e foi ai que aconteceu uma das minhas melhores transas.

Tinha um presidiario que sempre que possivel procurava conversar comigo sobre qualquer coisa, e teve um dia que ele que estava solto no corredor com os outros dois.

Ele se chama junior, moreno, sarado, pernas grossas e braços musculosos, era mais velho que eu, pois eu tinha 25 ele 30. Pois ele apareceu na minha sala, e começou a puxar assunto:

- Deve ser chato dormir aqui sozinho não?

- A gente se acostuma, mas amanha to em casa-respondi tentando disfaçar o tesão que estava sentindo.

- Casa.. pois eu aqui vou levar mais cinco anos para sair de vez.

- Endento voce, eu ainda saio, me diverto, ja vc nem isso pode fazer né?

- Bem isso eu me viro um pouco, transar que é dificil, só na mão ou com uns companheiros ai.Mas hoje to afim de sentir carne de fora, por isso da uma olhada aqui tirou aquele pau grande pra fora, deveria ter uns 23 de pica e balanou na minha frente dizendo:

- To a um tempo de sacando, to afim de ficar contigo e hj vc não me escapa!

- Ta louco fera? - respondi- se alguem nos pega aqui tu e eu tamo ferrado - falei para ele.

Não se preocupe, os amigos que tão de guarita comigo não vão deixar ninguém nos atrapalhar.

Isso ele me agarrou, me beijava com fome de macho, tirou toda a roupa, e ficou nu na minha frente, que orpo lindo!

Eu tb fui tirando minha roupa, sabendo que era perigoso aquilo, mas estava nem ai para isso, mamaei aquele macho com vontade, ele gritava, suava frio doidinho.

- Vira o rabo que vou te comer.

Tremi muito, pois não tinha camisinha, mas ele falou que era para ficar tranquilo que ele era limpo, então me virei, falei que era para ir devegar, pois não sou de dar o cu, mas ele tinha muito tempo sem fuder um cuzinho liso, que estava forçando a entrada na marra, me segurou pela cintura e não deixava eu sair, ia grentar, mas ele disse:

- Fica quieto, tu agora vai ser só meu e sempre que eu quiser tu vai me dar esse cuzinho apertado-nisso o pau dele entra. Foi horrivel, uma dor alucinante, mas depois foi ficando gosto, comecei adir para ele me fuder mais, ataé que ele dise:

- Agora tu vai me fuder- virou aquela bundinha dura para mim e meu pau de 19cm entrou gostoso, ele engolia a pica bem pra caralho, nisso falei que ia goza ele falou, que ia gozar na minha bundinha, me virei de novo e ele enfiou aquela ica linda no meu cu e gozou muito!no embalo, gozei, sentir a porra quente desde macho no meu cu, descendo em minhas penas.

Transamos mais um pouco e gozamos de novo e ele antes de ir disse.

- No proximo tu vai ter uma surpresa.

Fiquei arrombado, gozado esperando meu proximo plantão. Quem quiser entrar em contato me add no msn, prefiro caas atletico, do rio morenos e brancos.

Autor: Cae
E-mail - Não Divulgado
MSN - pauquerrabo@gmail.com
FONTE - Conto enviado pelo internauta.