Me chamo paulo, tenho 44 anos, moro em cidade do interior. Dia 11 de julho, acordei um pouco mais cedo e fui fazer minha caminhada. Andei durante uns 10 minutos, as ruas ainda pouco movimentads, de repente ouvi um tossir de macho. Olhei pra tras e vi aquele mulato, tesudo, lindo, mais ou menos 1,85 de altura, corpo de trabalhador de cais, sabe, musculoso sem ser "biba de academia".

Pois bem ele me olhou encarando e me deu sinal para esperá-lo, esperei e ele perguntou as hoas, disse 05h45min, me pediu um cigarro, disse que não tinha pois estava fazendo caminhada.

Ele soltou um sonoro:

-P O R R A! Não estou bebendo, estou sem cigarros, sem dinheiro e ainda por cima sem meter (foi a deixa) disse-lhe que tinha uns centavos na carteira e poderia dá-lo pra comprar cigarro, dinheiro eu não dispunha ali, além destes, bebida a quantia não daria e ele estava indo para o trabalho, à noite eu até poderia presenteá-lo com um bom vinho. Por hora acho que teus problemas estão solucionados ou agendados, disse eu na maior das inocências (???????????????).

Ele pegou em minha mão com menção de agradecer, mas não soltou e me perguntou: e quanto ao outro problema? Perguntei (como se não soubesse) qual? Ele pegou minha mão, levou até seu pau (putz) além do susto pelo local público, me assustei pela grossura daquilo, vim a saber ontém (dia 12) que tem exatos 19,5 cm (eu mesmo medi) grosso como um vidro de desodorante rexona.

Peguei naquilo e disse que estava brincando, logo cedo vc tem certeza que quer transar comigo?

Ele disse: pelo menos um boquete agora. Te fuder eu deixo até pra depois, mas tua bunda rebolando em minha frente nesta caminhada me deixou assim de cacete duro e tua boca tá me deixando doido de vontade de gozar dentro dela.

Chamei-o para um lugar que conheço próximo dali que é bem sossegado (não faço caminhada ali por acaso) quando chegamos ele tirou aquilo tudo da cueca e disse: cai de boca minha putinha gostosa.

Gente!!!!!!!!delícia foi fazer um macho gozar tão rapidamente e com tanto tesão que chegou a gritar, fiquei preocupado em alguém ouvir mas o cacete estava gozando tão gostoso que tratei de engolir tudinho e enfiar aquela pica maravilhosa no fundo da minha garganta.

Adorei beber leitinho no café da manhã, tanto que ontém nos encontramos à noite e desta vez em uma pensão aqui da cidade, mas isso é uma outra história..... ..... conto depois.

O nome dele? Nardson. ah!!! Quem for da região da zona da mata mineira e quiser ter uma experiência assim comigo, pode enviar e-mail.

Espero que tenham gostado e gozado bastante.

Autor: Paulo
E-mail - Não Divulgado
MSN - oluapmorgana@hotmail.com
FONTE - Conto enviado pelo internauta.