Olá pessoal meu nome é André e eu vou contar mais uma história com primos sabe!?

Eu sei que tem muitas dessas por aqui, mas é tão mal contado que num dá nem tesão, a minha é das boas.

O que eu vou contar aconteceu há 14 anos, mas eu me lembro como se tivesse sido ontem. Em 1998 meu avó que já faleceu iria fazer 100 anos e a família resolveu alugar uma casa pra reunir todo mundo, meus avos tiveram 8 filhos e cada um te ve pelo menos mais 2 ou 3, então era gente de mais numa casa só, porém era o mês de janeiro, período de férias e quase todo mundo veio passar duas semana nessa casa que ficava perto de uma praia muito bonita.

Na época eu tinha 10 anos, era bem criança me juntava com um monte de primos na mesma faixa etária e era aquela festa, passava o dia brincando na praia ia pra casa só de noite dormir, eu fiquei numa suíte bem pequena com mais dois primos Fábio que era mais velho tinha 14 anos e o Julio na época um bebê de 3 anos, dormia num berço que ocupava metade do espaço, eu dormia num colchão de solteiro no chão e do mesmo modo, bem do meu lado, o Fábio.

Na primeira noite a mãe do Julinho veio e colocou ele no berço e o menino dormiu, logo eu já estava deitado com sono, pronto pra dormir ai sai do banheiro o meu primo só de cueca, apaga a luz e deita no colchão do meu lado, eu reparei bem no corpo dele era muito magro do tipo que aparece os ossos da costela, mas era bonitinho tinh a o cabelo liso um pouco de espinha na rosto, grande mesmo era a mala dele, uma coisa enorme na cueca, na época eu não sabia bem o porque mas eu gostava de ficar olhando o pênis dos outros garotos, achava bonito, interessante, eu nem sabia o que era ser gay, criança, era inocente.

Como eu disse tava com sono e logo eu dormi, mas no meio da noite eu acordei com uma coisa passando em mim, era o meu primo que tava esfregando o pinto dele bem duro na minha bunda, ele passava aquela coisa enorme em mim bem devagar, pincelando de um lado pro outro, mas não encostava em mim só o pinto dele na minha bundinha, eu achei estranho, não sei porque mas deixei ele continuar teve uma hora que ele parou se masturbou, gozou e dormiu.

No dia seguinte foi a mesma coisa e no outro também, eu comecei o gostar ia deitar e já virava a bunda pro lado dele e não dormia esperando meu primo vir se esfregar em mim, adorava sentir aquela coisa na minha bunda, meu coração acelerava e meu pintinho ficava duro.

Com o passar das noites ele foi ficando mais confiante um dia ele colocou a mão na minha cintura e ficou me acariciando, no outro ele já encostou-se a mim, ficando de conchinha e eu achando aquilo cada vez melhor ele se esfregava e gemia bem baixinho o pau dele saia da cueca e cabeça melada sujava minhas costas, ele era quente e eu me sentia bem sendo abraçado.

Mas isso tinha prazo pra terminar no último dia, resolvi fingir que tava dormindo de bruços com a bunda pra cima, como ia ser a última vez ele ficou mais ousado tirou a roupa e veio se esfregar em mim nu, veio pra cima de mim e ficou se sarando e me beijando, me acariciando meu coração tava acelerado, dessa vez ele veio sem cuidado, pegando pesado, sem medo de me acordar, então ele decidiu ir mais longe levantou minha camisa e puxou o meu shorts, eu não sabia o que ele estava fazendo por isso continuei quieto ai ele se levantou e tirou meu shorts e minha cueca me deixando nu, quis que ele parasse por isso fingi que tinha acordado, mas ele já tinha sacado tudo e falou assim "agora você vai ver!" ai eu me virei e perguntei " o que você vai fazer?" ele falou pra relaxar, virar e ficar deitado, bem quietinho me acalmou e disse que ia só brincar comigo como tinha feito nas outras noites.

Ele veio pra cima de mim e começou um vai e vem entre as minha nádegas sem roupa eu pude sentir melhor aquele instrumento era grande dava dois do meu e grosso até que ele abriu minha bundinha lisinha e ficou cutucando a entrado do meu cuzinho com o seu pau dele, passava e fazia um pouco de pressão, ele tava muito excitado e deixou o meu cu todo meladinho, ai eu comecei a ficar com nojo pq ele tava fazendo sujeira demais, ai eu reclamei ele disse "fica quieto que eu vou te comer", eu achei que ele ia me morder se eu não deixasse ele fazer o que queria, como ele era maior que eu fiquei com medo dele me bater e deixei ele continuar.

Teve uma hora que ele levantou e foi no banheiro, depois ele voltou com um creme de cabelo, foi ai que eu não entendi mais nada ele passou o creme no pinto dele e depois veio meter no meu cu era muito apertadinho e eu estava nervoso ele não conseguiu colocar, até que empurrou com força e a cabeça começou a entrar, senti muita dor, sai fora e disse que se ele continuasse eu ia chamar minha mãe, ai ele veio dizendo pra ter calma, pediu desculpas falei que não queria mais, só que ai ele ficou me enchendo, pedindo, implorando pra eu deixar ele brincar comigo de novo, disse que não ia mais fazer aquilo e de tanto que ele insistiu eu deixei.

Ele veio se esfregou, se masturbou e gozou na minha bunda me deixando todo sujo, não gostei e disse que não ia mais fazer aquilo nunca mais.

Autor: Algt
E-mail - aldreltz@hotmail.com
MSN - Não Divulgados
Conto enviado pelo internauta.