Bom galera, o que vou contar hoje foi uma transa bem rápida minha e o do Marcelo meu sogro (Me iniciando com o sogrão partes 1,2 e 3) como eu vejo ele raramente no meio da semana a noite, porem sempre estão minha namorada e sogra por perto, só rola algo entre eu e ele nos fins de semana, o que vou contar hoje foi a ultima vez que transamos, a poucos dias atrás.

Fui a um churrasco com a Fernanda (namorada) e quando deu umas 9 da noite resolvemos ir embora pois eu tinha bebido algumas e naquele mesmo dia acordado cedo, ou seja tava acabadão.

Deixei ela em sua casa, nem cheguei a ver meu sogro, até perguntei pra minha sogra se ele tava pra dar um “oi”, mais ela havia dito que ele saiu com o cunhado e o sogro dele, blz, fui embora.

Cheguei, tomei banho e deitei na cama, não era nem 10 da noite e eu apaguei, quando acordei era 2 da manha pra ir mijar, olho três mensagens no celular, era ele, a primeira mandada as 10:23 da noite dizendo “vamos se ver?. A segunda veio as 10:45 da noite dizia “ta com a Fernanda? kd vc!” e a terceira e ultima as 11:16 da noite dizendo “esquece, to indo pra casa”.

Até despertei depois que li todas, perdi a oportunidade de ficar com ele, que merda. Chegado o domingo, fui a sua casa dps do almoço e quando chego ele me recebe junto a Fernanda, dizendo:

- Capoto ontem rapai? Que isso! e riu!

Logo após Fernanda diz:

- Contei pro meu pai que você encheu a cara ontem!

Eu apenas sorri e disse: - É, não agüenta bebe leite, né Marcelo (em tom de ironia e zuando) Ele riu e é óbvio que entendeu o duplo sentido, até q minha namorada quis sair, e antes de sair vejo o safado dando uma piscada pra mim, com aquela cara de safado.

Quando chegamos, ele e minha sogra estavam arrumados pois iriam jantar, perguntaram se queríamos ir junto, nós topamos, onde? Perguntei, ele respondeu:

- Vamos no shopping mesmo, la a gente vê!

Blz, Fernanda se arrumou, eu já estava pronto, e fomos, chegando la elas foram para a praça de alimentação e eu e ele direto pro banheiro, entramos tinha dois caras, enrolamos, até q eles saíram, do jeito q saíram Marcelo já me puxa pra dentro do Box, e tranca a portinha, fazendo sinal para eu ficar quieto, eu fiquei claro, começamos a nos beijar bem devagar e sem fazer nenhum barulho, nossos paus já foram ficando duros, até q escuto ele descendo o zíper, quando olho pula aquele pau delicioso pra fora, sentei na tampa do vazo e comecei a mamá-lo imediatamente, e ele acariciando meu cabelo, chupava, mordia de leve, apertava seu saco, até q ele se abaixou e me disse:

- Empina a bundinha!

Eu obedeci, meio com receio de fazer algum barulho, ele abaixou minha calça e deu umas lambidas no meu cu, que tava piscando pra ele, rapidamente já começou a enfiar o dedo e dps o pau, ficou num vai e vem bem devagar, e me beijando por trás, com uma mao segurando minha barriga pressionando meu corpo no seu, e a outra segurando meu queixo enquanto me beijava, ficamos assim uns 5 minutos até q ele diz:

- Vou gozar...

E aumentou, sem se importar com barulho, mais nem dava pra notar, se entrasse alguém nós ouviríamos, a porta de entrada do banheiro fazia barulho, até que ele gozou, com cuidado pra não me sujar, e pra não me deixar na mão, ainda com o pau cravado no meu cú, ele bateu uma punheta em mim até q gozei, nos limpamos, beijamos e saímos, um de cada vez do banheiro, nos encontramos ali perto e fomos encontrar as duas, que quando nos viram disseram:

- Que demora!

E Marcelo rebateu:

- Faz uns 5 minutos que estamos procurando as duas!

Por fim deu certo a desculpa e rimos, fomos comer, bom, ele já tinha comido né, rsrs e foi isso, o próximo quando rolar, eu conto a vocês, valeu? Até mais.

Autor: Renan
E-mail - Não Divulgados
MSN - Não Divulgados
Conto enviado pelo internauta.