Oiii... Este é o meu primeiro conto, vou tentar descrever algo que ocorreu comigo, algo bem intenso e tentarei ser o mais detalhista possível, Bom vamos ao que interessa né !

Meu nome é Renan tenho 25 anos, moro em fortaleza ? CE, mas o que contarei ocorreu quando tinha 17, nunca tinha sentido atração por homem nenhum, pra ser bem sincero achava isso um absurdo ! Eu freqüentava muito a igreja, tinha uma namorada que por sinal estávamos bem no namoro de 2 anos, sempre tive um carinho especial pro meus amigos em especial um ( Thyago ) nossa, ele era como um irmão, dormia na minha casa, eu dormia na dele, sempre dividíamos experiência de vida e tal...

Quando completei 2 anos e meio de namoro, tive uma decepção muito grande, minha namorada terminou nosso namoro com um papo de que não dava mais, porque ela queria estudar, trabalhar em fim algo que até hoje não entendi muito bem.

Fiquei muito mal durante dias, na escola ninguém me reconhecia mais, não ia a igreja pois sabia que iria ver ela lá, e já tinha feito de tudo pra voltar e ela estava irredutível. Passaram algumas semanas e eu na mesma. Entramos no mês de dezembro onde toda minha família viaja pro sul, eu até penei em ir, mas decidi ficar mesmo, tinha ficado de recuperação e resolvi que iria ficar, não ia viajar, minha mãe ficou preocupada, disse que eu precisava desopilar e tal, mas acabou aceitando já que ela não iria precisar chamar alguém da família pra ficar na casa durante a viajem. Entao eu fiquei, nada pra fazer resolvi ligar o PC e entrar no MSN, assim que entro vi que o Thyago tava online, e que a frase do MSN dele era a seguinte: Saudades de quem um dia eu amei, hoje sofro em silencio, assim como meu amor ! já faziam 4 meses que eu não falava direito com ele, nem atendia telefone e tal, ele acabou se distanciando, não so ele mas todos os meus amigos. Resolvir puxar assunto como se nada tivesse acontecido.

- Oi thyago blz ?

- Oi resolveu deixar de ser anti-social ? rsrs

- Kkk estu bem, eu acho !

- Cara sinto tanta falta da sua amizade, queria poder ter lhe ajudado mas vi que você precisava mesmo ficar sozinho então deixei o tempo passar e curar sua dor...

- Obg Thyago, eu nem sei o que deu em mim cara, Mas na boa estou bem e você sabe que você é meu brother , não sabe ?

- Sim sim, mas me fala como vão as coisas, como vai sua mae ?

- Todos viajaram, foram para RS ..

- Hum, poxa que legal...

- Você poderia vir aqui... trás tuas coisas, vamos fazer como nos velhos tempo. O que acha ?

- A mãe tem pegado muito no meu pé , to saindo d+, ontem cheguei as 4 da manha em casa.

- Como assim as 4 ? você ta namorando é ? chegar na quinta-feira as 4 da manha ?

- Mais ou menos conheci uma pessoa sim, mas na verdade continuo apaixonado pela mesma que nunca me deu atenção.

- Oxe e quem é essa burra ? você é um cara presença as meninas são doidas por você ? ficamos so 4 meses sem se falar e to por fora disso tudo ?

- como se 4 meses fosse pouco né, valho nos falávamos todos os dias, de manha, a tarde e de noite. Mas depois te conto, vou ver aqui com a mãe se posso ir.

- você quer que eu ligue e peça ?

- Não precisa não ... volto jaja !

- Ok

Passaram alguns minutos e o thyago disse que em uma hora estaria na minha casa, confesso que já estava animado, tinha tanta coisa pra contar pra ele, nem sei como consegui ficar tanto tempo longe, éramos grudados.

Tava no banho quando ouvi o thyago gritando no portão... Sai abri e disse q ele ficasse a vontade, meio ensaboado voltei pro banho deixando a porta aberta já que tava no chuveiro com o box fechado, thyago apareceu e puxou assunto, ri um pouco das palhaçadas dele, mas tinha algo diferente, ele tava sem graça, não sei, mas tinha algo diferente.

Quando sai do banho, abri o Box e ai percebi que ele tava realmente diferente, fui me enxugar ele olhou, ficou vermelho e saiu, não quis comentar nada porque nem eu tava entendendo. Quando cheguei no quarto ele estava lá deitado na cama com a TV ligada, me vesti eo thyago calado, ai não agüentei perguntei se tava acontecendo algo, porque ele estava tão estranho.

- Renan tenho algo pra te contar que talvez você vá se assustar e muito.

- O que ? fala !

- Cara não sei se consigo não.

- ri ele tava muito engraçado, achei que fosse alguma bobegem dele, apesar de ser muito bonito, e chamar a atenção da mulherada, eu sempre me dava melhor porque o Thyago conversava muita besteira, e espantava as meninas, eu lembro que perdi minha virgindade 2 anos antes que ele, mesmo ele sendo mais bonito e ficando com mais meninas do que eu.

-Thaygo você é uma figura.. já são 20:00h vamos fazer o seguinte, vamos jantar, tomar uma cerveja bem gelada e aí você me conta ok ?

- Ok combinado, coloquei nossa janta, na geladeira tinham 12 latinhas , eu bebi 6 e ele o mesmo. Não era acostumado a beber, liguei o som, estava meio zuado , mas consciente e o thyago tava normal, sempre gostou de bebidas. Estávamos na ultimas latinhas quando passou uma musica que eu e ela adorávamos, gritei, aumentei o som, e abracei o thyago ele começou a chorar. Eu me assustei.

- Não agora to vendo que não é exagero, você vai ter que me falar.

Ele sentou na cara, chorava tanto que soluçava. Tremia todo, vi nele uma cara de desespero, parecia que queria desabafar algo.

- Cara sou o seu melhor amigo me fala.

- Thyago, me desculpe lhe decepcionar desse jeito, mas não agüento mais guardar isso preciso te dizer.

- Fala cara diz , você ta me deixando preocupado.

- Cara eu fiquei com um cara e você conhece.

- Como ? você ta brincando né ! ri muito.

- Não . não estou para !

Percebi que era verdade , nossa fiquei chocado, as meninas erma doidas por ele, fiquei um tempo parada ali de frente a ele pensando.

- Thaygo, você sabe que não aprovo, mas aceito, você é o meu melhor amigo.

- Mas não quero ser.

- Como assim você não quer ser ?

- Renan eu fiquei com ele, pra tentar te esquecer eu gosto mesmo de você.

Naquele momento eu não sabia o que fazer, nunca tinha acontecido algo com alguém que conhecesse, parei e fiquei anestesiado com a revelação do Thyago. Alguns momentos passaram e ele continuava chorando encolhido no canto da cama, apesar de achar aquilo uma loucura eu não ia pedir pra ele ir pra casa, já eram 00:00 e nem sei porque tava tendo aquela vontade de expulsa-lo éramos tão amigos.

- Thaygo acho que precisamos durmir já ta tarde. Amanha agente senta e conversa, eu não to muito legal. - Você tem razão cara, me desculpe ter estragado sua noite, eu vou pra casa.

- Não senhor, você sabe que horas são ?

- Eu me viro, pego um taxi.

- Deixa de besteira, fique por favor, precisamos conversar amanha.

- Ok

- Ai tem lençol e tudo que você precisa, e o restantes das coisas você mais do que ninguém sabe onde tão.

- Pra onde você vai ?

- Vou dormir no quarto da mãe.

- Ok.

Sai de lá e fui pro quarto da minha mãe, meio cambaliando ainda com o resultado da cerveja e do susto que acabara de levar. Deitei deu 1, 2, 3 horas e eu não conseguia dormir pensando na covardia que tinha feito com thyago deixando ele lá sozinho, eu sabia que ele tinha medo, sempre teve, dizia que no meu quarto era cheio de vultos rsrs. Sai e fui ver se ele já estava dormindo quando abri a porta do quarto tomei um susto, thyago tava em pé na janelae continuava chorando.

Ele me viu e abaixou a cabeça, eu fui e dei um abraço nele, e pedi que ele parasse de chorar, que aquilo era normal, que eu sabia como ele tava se sentindo. Ele se deitou na cama e eu me deitei também, abracei ele , e ali ficamos um bom tempo abraçado, comecei a sentir uma sensação estranha, eu tava ficando excitado, acho que pelo fato de à 4 meses não sair com ninguém, thyago percebeu e se afastou, se virou e olhou pra mim perguntando o que aquilo significava, eu disse que não sabia mas que estava gostando de ficar ali com ele. Ele me abrçou de frente ficamos ali, mais um tempo, até que percebi que ele também tava de Pau duro.

Passei minhas mãos sobre as costas dele, ele não se agüentou e começou a esfregar sua barba no meu ouvido, me arrepiei todo, nossa que sensação boa, ele apertou meu pau, tiramos a roupa fiquei de pé, thyago me encostou na parede e pegando meu pau, me chupou, nossa ele me chupava com tanto gosto, parecia que ia arrancar a cabeça do meu pau.

Thyago começou a deslizar sua língua, no meu saco, eu gemia de tanto tzao, ele descia e subia com movimentos de extremo prazer. Puxei ele pelos cabelos, nos beijamos ele ficou de costas e ai que eu senti um enorme tezao quando a cabeça do meu pau, encostou na sua bundinha.

Lambi todas suas costas, coloquei um pouco de creme de cabelo no meu pau, e forcei um pouco, ele gemia dizia que estava doendo, pedia pra ir mais devagar, mas meu tzao era grande demais pra ser controlado, forcei de uma vez e o meu pau entrou todo, ele se contorceu, virei ele pra janela,deixei ele olhando a rua ( não tinha um pingo de gente ) e comecei a entrar e sair devagar, ele gemia , eu aumentava a velocidade nossa fiquei com frande vontade de gozar, e foi o que fiz, gozei dentro do thyago.

Fomos no banheiro ele se limpou, estava todo errado, chamei ele pro chuveiro ele me abraçou e sirriu.

Eu falei que tinha apenas começado. Chupei ele ele gozou na minha boca. E assim foi durante todo mês de dezembro. Passamos a virada do ano juntos.

Hoje namoro com um carinha à 2 anos e thyago se mudou, mas sempre nos falamos.

Obrigadao galera! Depois conto, outras sacanagens que aconteceram nas minhas viagens ao RIO DE JANEIRO!

Autor: Renan Marques
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.