Bem pessoal,venho aqui com mais um conto verídico e esse acaba de sair do forno.

Nesse fim de semana, 22 e 23/10,aconteceu o ENEM.Como faço todos os anos, não faço na minha cidade,por conta de muito agito. Sempre acabo escolhendo as cidades do Interior, que são bem calmas. Mas chega de papo e vamos ao conto.

No sábado, quando voltava pra Recife,quase que rolou com dois caras, mas não saiu nada daquele mato.

Já no Domingo, estava a pilhas com a prova,e peguei um ônibus sem ar e sem muita privacidade. Foi daí, que antes de subir no ônibus,o fiscal pegou a minha passagem e alisou a minha mão,desejando uma boa viagem.

Quando o ônibus começou a partir da Rodoviária,fiquei pensando se era pra lhe procurar quando voltasse,mas o inesperado aconteceu:Ele veio junto,como cobrador.

Como gosto de me sentar no fundão do ônibus,ele veio junto e começou a cantarolar.

Daí completei o que ele estava cantando e tal.Depois ele se sentou em uma poltrona oposta, da onde dava pra ver ele com aquela coçada magnifica, que os homens sempre dão.

Daí começei a perceber que ali tinha coisa.Mas era dia e o ônibus era muito aberto. Foi quando eu lhe retribui com uma bela coçada também. Depois disso,fechei a janela e puxei a cortina, foi quando eu pus o meu pau pra fora e ele começou a ficar doidão.

Ele também fez o mesmo.Não esperava pela parte dele,foi daí que ele fez o gesto que queria me chupar e me beijar de todo jeito.E segui suas orientações.

Quando ele sentou quase do meu lado,ele me puxou e me deu um beijo bem demorado,e foi quando ele me atacou com a sua chupada trinfal.

Não perca a continuação.E pra saber quem foi que deu,isso só no próximo conto.

Bjs!

Autor: Emerson G
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.