Eu entrei pela sala e tranquei a porta, fui para o meu quarto e o Francisco pulou a janela.

Eu estava meio confuso com aquela situação, eu não o amava e nem prendia. Queria era curtir a vida e conhecer muitos homens, ter muitos homens, chupar e ser fudido por eles.Mais vendo o Francisco pelado em minha cama a minha disposição, resolvi relaxar viver aquele momento.

FRANCISCO= Esta noite vou te dar muito prazer. Ele sentou na beirada da cama e mandou que me aproximasse mais dele.

FRANCISCO= Você é muito lindo.Fazendo virar de costas pra ele, o Francisco acariciava a minha bunda, e passou a enfiar a sua língua no meu cuzinho.

FRANCISCO= Que delicia de rabo.

EU= Ele vai ficar mais delicioso quando você enfiar o seu pinto.

FRANCISCO= Senta nele e deixa o seu cuzinho engolir o meu pinto. Dei algumas chupadas e o deixei bem molhado, mirei o cuzinho na cabeça do seu pau e fui descendo.

Eu dava gemidinhos e reboladinhas até entrar todo o seu pinto e desaparecer o meu cuzinho.

FRANCISCO= Que gostoso!!!

Eu fazia com mais vontade, subia e descia cada vez mais rápido me intercalava com reboladinhas.Levantei e me posicionei de bruços na cama e logo senti seu corpão pesado sobre o meu. Colocou a cabeça e foi entrando devagar. Segurou meu corpinho e começou a estocar começou lento e foi aumentando.

FRANCISCO= Está gotoso, querido?

EU= Delicioso!!! Me possui gostoso meu macho.E começou a entrar e sair com mais força. Entre gemidos e suspiros o Francisco dizia que era dele e de mais ninguém.

O Francisco me puxou me fazendo ficar de quatro e sem tirar o seu pinto do meu cu me fudia divinamente num ritmo bem acelerado.

Eu rebolava e gemia. Ele começou a estocar firme, passando as mãos em minha cintura e na barriga, dizendo coisas que me davam tesão.

EU= Mete!!! Mete com vontade!!!!O Francisco metia sem dó e eu cada vez pedindo mais e mais.

EU= Que gostoso!!! Hummmmmmmmmmmmmmm!!! Hummmmmmmmmmm!! Goza no meu cú, goza!!! Hummmmmmmmmmmmmm!! Hummmm!!

FRANCISCO= Eu vo gozar bem gostoso no cuzinho do meu amorzinho.

EU= Issooooooooooooooooo!! Gozaaaaaaaaaaaaa!!

FRANCISCO= To gozandoooooooooooooooooo!!! Hummmmmmmmmmm!!! Hummmmmmmmmmmmmmmmmmm!!Gemíamos juntos, eu recendo e o Francisco depositando toda a sua porra em meu cuzinho.

O seu corpo pesou sobre o meu e ficamos esticados na cama.Vesti o meu short e fui pegar um lanchinho na cozinha, estávamos morrendo de fome.

FRANCISCO= Você se encontrou com o Tião hoje?

EU= Por que da pergunta?

FRANCISCO= Porque ele me disse que você veio pra roça por causa dele, que você viu o pintão dele e ficou louco e que agora ele tem dois viadinhos e come os dois. (FALANDO COM RAIVA)

Ele ficou contando vantagens pra mim e eu não podia falar nada.

EU= É verdade que vim por causa dele sim, e você já sabia por que eu mesmo te contei. E quando vi o seu pinto realmente fiquei deslumbrado com o tamanho e idealizei um monte de fantasias com ele.

Mais depois que eu voltei e tentei dar pra ele não consegui e fiquei com medo de ficar muito arrombado e como eu também já te disse eu só chupo ele. Mais é você que eu escolhi dar o meu cuzinho. Sentei no seu colo e dava beijinhos no seu rosto.

FRANCISCO= A minha vontade era de jogar na cara dele que era eu que te comia e que te levava pra cama todas as noites. Mais ai eu pensei em tudo que me falou e fiquei calado.

EU= Fez muito bem em ficar quieto. Levantei e tirei o short e voltei a sentar no seu colo.

EU= O que importa é que eu dou pra você e não pra ele e se você estiver duvidando de mim, pergunte para o Luizinho?

FRANCISCO= Eu já perguntei pra ele.

EU= Vamos para de falar e curtir esta noite.Terminamos de comer e ficamos deitados, bem agarradinhos.Acordei de madrugada com o pinto do Francisco entrando no meu cuzinho, Eu estava de lado e a minha perna direita levantada e ele metia bem gostoso e lentinho.

Nossa!!!! Foi à melhor sensação que já tive. Ser acordado com um homem metendo em mim. O meu corpo começou a balançar com os seus movimentos e em seguida ele enterrava todo o seu pau e dava umas reboladinhas, não omitíamos nenhum som. Estava tão bom e gostoso que preferíamos só sentir o prazer que estávamos tendo.

Passou a bombar com grande velocidade, como um cachorro quando trepa numa cadela... O suor escorria dos nossos corpos, E ele tirava e colocava o seu pinto inteirinho, metia com muita vontade e até com certa violência. Aí resolvi falar bem baixinho!!!

Eu= Tô gozannnnnnnnnnnnnnnnndo!!!!!Meu corpo arrepiou e meu cú contraiu com força no seu pau, o tesão era imenso.

O Francisco gozou!!! Gozou muito, e com muita força!! Ele gozava e eu mordia o travesseiro de tanto tesão que eu estava. Gozou em espasmos fortes, longos, gozou tudo dentro de mim! Adormecemos assim...O alarme do seu relógio tocou e ele tinha que ir embora.

Eu estava com muito sono e muito cansado nem o vi pulando a janela. Só me lembro dele me dar um beijo.Acordei com muita disposição e resolvi fazer alguns exercícios depois do café da manhã. E saí com o meu avô até a cidade para comprar algumas coisas que estavam faltando.

Voltamos na hora do almoço e depois de tirar um soninho na rede fui até a casa do Tião conversar um pouco com o Luizinho. Na nossa conversa, descobri que ele já dava desde os seus 8 anos e com 10 anos ele já era mulherzinha do Tião. E como eu havia prometido para o menino o ensinei alguns truques e manhas de como chupar um pinto e deixar o seu homem bem satisfeito. E aproveitei para contar da minha fantasia de ter dois homens ao mesmo tempo, e ele me disse sorrindo que já foi com três ao mesmo tempo.

Passei a tarde inteira com ele e quando já estava quase saindo o Tião chegou e ficou todo satisfeito achando que eu tinha ido lá por causa dele. É claro que eu o deixei achar isso.O Luizinho parecia uma mulher de verdade, mulher não na aparência mais nas suas ações. Enquanto conversávamos ele fazia o almoço e arrumava a casa, uma verdadeira dona de casa.E quando o Tião chegou o Luizinho imediatamente arrumou a mesa e foi até o Tião que estava sentado e tirou as suas botas.

LUIZINHO= O almoço tá na mesa, meu amor.O Tião deu um tapinha na bunda do menino.

TIÃO FALANDO COMIGO= Hoje de noite, você vem dormir aqui em casa.

EU= Não posso! A minha avó quase me pegou da outra vez e durante a noite ela fica indo no meu quarto para ver se estou dormindo. (OLHEI PARA O LUIZINHO QUE DEU UM SORRISO, ELE JÁ SABIA QUE ERA MENTIRA MINHA)

TIÃO= Mais que porra!!!!! (FALANDO MUITO PUTO DA VIDA)

EU= Por que você não vai tomar um banho, agora? (SORRI) Eu e o Luizinho, podemos te dar um banho bem gostoso. (SENTEI DO SEU LADO E ENFIEI A MINHA MÃO ENTRE AS SUAS PERNAS)

TIÃO PARA O LUIZINHO= Me responde uma coisa? O Francisco tem te procurado?

LUIZINHO= Não.

TIÃO= Ele não me pediu você emprestado e eu to estranhando. Se eu descobrir de você ta dando pra ele sem a minha permissão vou comer na porrada viu!

LUIZINHO= Você sabe muito bem que eu só dou pra ele, quando você me manda. (OLHOU PRA ELE PISCOU O OLHO)Sem dizer mais nada o Tião levantou já tirando toda a sua roupa e dizendo que ia tomar um banho.

Fomos atrás e entramos os três no chuveiro, lavamos e ensaboamos o Tião da cabeça aos pés. O Tião não perdeu tempo e passou a massagear minha bunda e meu cuzinho enquanto o Luizinho chupava o seu pintão.

O Luizinho levantou, virou de costas e empinou a sua bunda para o seu macho que mais que depressa já foi enfiando no cu do menino.

O Tião fodia o Luizinho com gosto e o menino rebolava e pedia para ele meter com força e eu sendo fodido pelo dedo do peão. Parecia um coral de gemeção, Nós dois gemendo ao mesmo tempo.

O Tião logo anunciou que ia gozar e o Luizinho tratou logo de tirar o pau do seu homem do seu cuzinho e caiu de boca, recebendo toda a sua porra e eu ainda sendo dedado por ele.

Segurei no pinto do Tião que estava na boca do menino e batia uma punheta bem rápida e o Tião berrava de prazer.Mesmo já tendo gozado rios de porra o seu pau ainda estava bem duro, levantei o Luizinho pelos braços e foi a minha vez de chupar o pau dele.Eu estava com um tesão louco e comecei a lamber chupar, lambia o pau dele por baixo, desde o saco até a cabeça, ele às vezes batia com o pau no meu rosto. O Luizinho sentou no chão do Box e ficava observando eu chupar o pau do seu homem.

LUIZINHO= Goza meu homem, Goza gostoso na boca do Yuri. Fode a boca dele com esse pinto enorme.

LUIZINHO= Mete com vontade na boca dele.

O Tião fazia tudo que o menino mandava e eu adorando escutar cada palavra dele.

O Tião começou a berrar dizendo que ia gozar, tirou o caralho da minha boca e começou a lançar jatos de porra pela minha cara. E depois eu e o Luizinho ficamos lambendo o seu pinto ao mesmo tempo. Passávamos as nossas línguas como se fosse um delicioso sorvete.Acabei almoçando na casa deles e antes do Tião voltar ao trabalho eu chupei o seu pinto mais uma vez.

O Luizinho lavava a louça e eu sentado no chão no meu das pernas do peão me deliciando do seu gigantesco pauzão. A minha boca até doía de tanto chupar aquele pinto e Chupei de verdade, fundo, roçava o nariz na barriga dele, ele ficava louco, me puxava pra cima e me beijava, sentindo o gosto da rola dele na minha boca, se misturando com nossas salivas. E abaixava minha cabeça pra voltar a chupar seu pau.

Dei um tratamento intenso no Tião apertava de leve suas bolas, lhe causando uma dorzinha gostosa, ele gemia de prazer e gozou e, foi direto pra minha boca.

Continuei chupando, e ele tentava tirar minha cabeça, dizendo que o seu pinto estava sensível, mas eu não parava.Num puxão violento o Tião me pois em seu colo me fazendo sentar no seu pinto babado, abriu a minha boca com os dedos e enfiou a sua língua.

Quando percebi o Luizinho me chupava e eu continuei beijando aquele macho. Gozei em segundos na boca do Luizinho e deu para perceber que o Tião não gostou da iniciativa do menino por ter chupado o meu pinto.O Tião me fez ir embora com ele.

TIÃO PARA O LUIZINHO= Á noite vamos conversar sobre o que aconteceu aqui hoje. (FALANDO SERIO)

EU= Você não vai brigar com menino né? Você não tem o direito disso viu! Afinal você me trás aqui com ele vendo tudo e acha que ele tem que aceitar?

O Tião não falava nada só me olhava e o Luizinho chorava.

EU= Você fez o Luizinho chorar! Você acha certo o que falou com ele? Acha que ele não tem sentimento? Tá na cara que ele te ama?

TIÃO= Ta certo eu não vou brigar com ele. O Tião se aproximou do menino e pediu desculpas e o Luizinho o abraçou e o beijou o Tião enxugou as lágrimas do menino.

LUIZINHO= Eu te amo muito.

TIÃO= Então pare de chorar e a noite fique bem cheirosinho pra mim.

LUIZINHO PARA MIM= Obrigado amigo! (SORRIU ENXUGANDO AS LÁGRIMAS)

Os 15 dias passaram bem rápidos e as minhas férias acabaram só me restava uma noite com o Francisco e no dia seguinte voltaria para casa, para a escola, para o futebol, para os braços do João o meu homem.

Ia fica com saudades do que tinha deixado aqui. À tardinha fui à casa do Tião me despedir do Luizinho e levei alguns presentes para ele.

LUIZINHO= Não precisava me trazer presente amigo!

EU= É para você usar com o seu marido. (SORRI)

Eram algumas cuecas Box que eu havia comprado e não tinha usado.

EU= O seu homem vai adorar te ver com elas.

LUIZINHO= São lindas! Eu nunca usei cuecas assim parecem shortinhos. (SORRINDO)

EU= E aqui tem um perfume que eu adoro, sempre que você tomar banho o use que o Tião vai ficar louco. (DEI UMA GARGALHADA E O LUIZINHO TAMBÉM)

EU= Agora eu tenho que ir amigo! Amanhã de manhã eu volto para casa.

LUIZINHO CHORANDO= Vou sentir a sua falta. (ME ABRAÇOU) Acabei chorando também e voltei para a casa dos meus avos. Precisava tomar um belo banho e me preparar para me despedir do Francisco.

FIM.

(CONTINUAÇÃO)

Autor: Peter
E-mail - peterpanrj16@hotmail.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.