Olá meu apelido é tchutchuco pelo menos é assim que todos me chamam, bom vamos começar a história.

Eu sempre quis estudar a noite, mas meus pais nunca deixavam, até que um dia a minha vida mudou, a turma de que eu fazia faculdade tinha só curso a noite, então depois de ralharem um pouco meus pais concordaram em me deixar ir estudar de noite, faltando apenas 2 anos pra terminar a faculdade, nesses anos eu não criei amizade com ninguém da minha classe, mas um guri muito gente boa começou a se aproximar de mim, seu nome era arcanjo (até hoje não sei porque? )

E nos tornamos grandes amigos, qualquer enrascada que nós estávamos, um livrava a pele do outro, e assim se passaram meio ano estudando a noite, até que um dia a turma toda saiu da aula e nós saímos 5 minutos depois, e ao chegar ao portão tinha um rapaz com uma cara meio enfezado, acho que estava esperando alguém pensei, algum pai de aluno ou marido de professora, o arcanjo ficou meio preocupado ao ver o cara, até que há uns 100 metros depois ele começou a nos seguir, e em uma rua meio escura, ele nos abordou com uma arma engatilhada, e ordenou que tirássemos a calça e desse a cueca que estávamos usando para ele, eu na hora fiz o que ele mandou e tirei a cueca, e lhe entreguei, mas o arcanjo não quis tirar a cueca e entregar pra ele, o cara ficou mais bravo ainda, e ameaçou atirar no arcanjo, até que o arcanjo disse que não poderia dar a cueca pro cara, porque ele não estava usando cueca naquela ocasião, o cara não quis saber, achando que o arcanjo estava mentindo lhe abaixou a calça, e o arcanjo não estava mesmo usando cueca naquele dia, até que o cara resolveu nos deixar em paz e foi embora...

O arcanjo ainda paralisado com  o susto estava vermelho de medo e  de vergonha, a calça abaixada e ele com o pinto a mostra, mais do que imediatamente ele ergueu a calça e disse pra irmos embora, ele morava a umas 4 quadras da minha casa, e antes de chegar lá ele me disse que não era pra contar pra ninguém o que ocorreu lá, mas eu não sabia que ele conhecia o cara, que roubava cuecas, e que o cara era vizinho dele, até que ele me contou, e eu fiquei de queixo caído...

O arcanjo me disse que o cara fazia isso com todos,  era fetiche, que ele tinha coleção de cuecas roubadas, e que ele parou de usar cueca por causa que toda a vez o cara lhe roubava a cueca, depois desse susto o cara nunca mais apareceu, eu fiquei sabendo que ele havia se mudado, pois o arcanjo me contou...

Só que eu não sabia que o arcanjo dava o cu pra ele, e um dia a mulher do cara quase os pegou no flagra, e o cara resolveu se mudar, pra que ninguém soubesse do caso dos dois, o arcanjo ficou muito triste, mais sabia que se alguém soubesse ele tava ferrado, e me pediu o mais absoluto segredo e eu sendo seu único amigo naquela faculdade não falei pra ninguém, ai esquecemos o que aconteceu e se passaram os dois últimos anos da faculdade, fomos embora e felizes, o arcanjo se mudou pra outra cidade, mas continua sendo meu amigo...

O cara que roubava cuecas se separou da mulher e o arcanjo ao ficar sabendo, foi morar com ele, hoje eles são namorados eu me casei e tenho 2 filhos, mas sempre que posso vou visitar o arcanjo, pra matar a saudade do tempo de faculdade, o namorado do arcanjo ainda continua roubando cuecas.

Autor: Tchutchuco
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.